Sai nos dias de maior fluxo

sexta-feira, setembro 30, 2005

Vox Pop

Pelos vistos, é desta que Manuel Alegre se vai candidatar. O que acha da sua candidatura à Presidência da República?


Figo, 33 anos, pesetero
Acho bem. Ninguém melhor do que eu compreende as suas indecisões. Agora estou na Selecção, mas volta e meia não estou. Aproveitava a oportunidade para lhe retribuir o poema que me dedicou, cá vai:

Pelos campos da política vagueia
ele desiste, ele toca corneta
a cada dia que passa muda de ideia
é assim o velho rabeta.



Aníbal Cavaco Silva, 66 anos, tabu-maker
O Manuel Alegre?! Por amor de Deus! HA! HA! HA! HA! HA! Ai que cuspo o bolo-rei todo! HA! HA! HA!


José "Filma aí" Maria Martins, 45 anos, emplastro com diploma de direito
O Manuel Alegre é amigo de pedófilos, como tal nunca terá o meu apoio. Eu só os defendo, não voto neles, por quem me toma? E agora, se me dá licença, vou levar no focinho e rebolar pelo chão, em exclusivo para a TVI.


Jorge Sampaio, 66 anos, gajo que chora sempre que vê o E Tudo O Vento Levou
O Manel sempre se vai candidatar? Chuinf!


Mário Soares, 100 anos e picos, velho jarreta
Não me aquece, nem arrefece, tenho o PS por trás de mim.


Rui santos, 42 anos, comentador e guru de moda
Na minha opinião, Manuel Alegre não tem perfil nem fashion sense para se candidatar à Presidência da República. Repare nos fatos, cheios de borboto e demasiado cinzentões. Com aquele estilo, Manuel Alegre só tinha hipóteses se candidatasse a motorista da Carris.


Miguel Sousa Tavares, 52 anos, desocupado
O Manuel Alegre é claramente um mau candidato. Outras opções? Bem. O Soares está senil e flácido e o Cavaco só de imaginar que teria de aguentar com a Maria mais 10 anos, vomito-me todo. Se procura crítica construtiva vá entrevistar outra pessoa.


José Peseiro, 46 anos, campino desorientado
Gosto do Alegre, mas também não desgosto do Soares. Pensando bem, gosto de todos, menos do Cavaco e do Louçã. Se calhar não me importava que vencesse o Jerónimo. Na primeira volta ganhava o Soares e o Alegre na segunda. Não. Espere. O Jerónimo vencia na primeira e passávamos directamente para a terceira volta, onde não havia vencedor e fazíamos uma presidência em losango.


Pequeno Doce, 6 meses (humanos), pára-quedista felina
HEY! Não me diga? Outra vez? Mas esse velho não se decide?


Luís de Camões, aproximadamente a mesma idade de Soares, pitosga
O Alegre? Espero que ganhe e largue a poesia de vez, para ver se, finalmente, consigo descansar em paz.


Manuel Alegre, 69 anos, rabeta indeciso
Ai sou?

Escorrido por Loretta e Oliveira e Casca.

segunda-feira, setembro 26, 2005

O poeta sem tomates


Candidato-me! Não me candidato! Candidato-me! Não me candidato!

Grão-Vizir Alegrenogoud

Ainda Oeiras...

Já há algum tempo que andava a olhar para os outdoors do PS em Oeiras e a pensar de onde é que conhecia o candidato Emanuel Martins. A sua figura não me era de todo desconhecida...

Andei a fazer alguma investigação e descobri que é do mundo do cinema!



Emanuel Martins deixou crescer o bigode, abandonou o pseudónimo Richard Kiel, bem como o penteado arrojado e os fatos à mafioso e candidata-se agora à câmara de Oeiras!

Pessoalmente acho que faz muito bem... os últimos filmes do 007 têm sido mesmo muito fraquitos!

P.S.- o PS devia processar o fotógrafo responsável pelos outdoors... encontrei outras fotos do senhor candidato na imprensa onde apresenta um ar bastante normal. Juro que não entendo o que lhes passou pela cabeça!

sábado, setembro 24, 2005

Leituras diferentes

Todos conhecemos o conceito de leituras de casa de banho. Por exemplo, a Dica da Semana, do Lidl, foi apenas concebida com esse intuito.
Mas o que será que sente um autor quando descobre que os seus livros são lidos na casa de banho? Será que se sente ofendido? Tenho lido o Equador, do Miguel Sousa Tavares, maioritariamente entre descargas intestinais e banhos de imersão. Sem qualquer desprimor para o livro, que está muito bem escrito e muito gosto me está a dar ler.
Será que devo partilhar essa curiosidade com o autor? Olhe, é só para lhe dizer que o seu livro ajuda muito o trato intestinal. Qual Especial K qual quê!

sexta-feira, setembro 23, 2005

Crónicas da outra margem

A primeira mulher que ouvi a peidar-se foi a minha mãe. Nunca mais me esquece! Era eu ainda um gaiato que passava os fins de tarde no Campo de Aviação a matar lagartixas. Teria a mesma idade de quando tive a minha primeira erecção que me lembro. Quando era mais puto e estava na Fase Anal tinha erecções quando cagava troncos, acho que é normal, mas esta minha primeira tusa foi no dia da vindima. À noite estava a dar na RTP1 o concurso Miss Universo e o meu "lapinhos" levantou-se perante a Miss Venezuela. Foi um senhor peido, aquele. A minha mãe ainda hoje garante que não se peidou. As senhoras não se peidam, garantiu-me ela. Certo é que se passaram anos sem ouvir uma gaja que seja a peidar-se. O meu pai, esse, caga-se que nem um lobo. Segundo consta, os lobos peidam-se às carradas. Lá na minha terra dantes havia lobos, é por isso que consta essas coisas. É por isso que andam em grupos. É como os gajos. Também andam em grupos e peidam-se desalmadamente. Entre o sexo masculino, o peido é o maior icebreaker do mundo. "Oi, tudo bem?", "Tudo...", Pois é..." Yá... que tempo de merda...", "Pois..." CATRAPUUUUUUMMMMMMMMM "Eh, pá, granda peido! És o meu melhor amigo!". Quando eu nasci, em casa, claro, o meu pai estava à porta do quarto a peidar-se. Tirando o suposto peido da minha mãe, nunca mais ouvi uma gaja a peidar-se! Sabia que as gajas tinham cu, mas julgava que era meramente decorativo, uma área de prazer anexa e alternativa, um resquício da sua condição humana que o processo evolutivo trataria de apagar, nem nunca me debrucei atentamente sobre o tracto digestivo feminino e qual o seu término. Até ontem, quando a senhora da limpeza do meu prédio, que afagava afincadamente as escadas, mandou uma farpa digna do Bastinhas. E eu que nem gosto de touradas... A senhora ainda tentou disfarçar, surpreendida pela minha admirada presença e pelos decibéis emanados por entre suas nalgas, arrastando o balde e tossindo forçadamente. Mas aquilo foi um peido! Eu sei reconhecer um peido quando o oiço. Até a minha gata, que se assanha aos meus peidos, não se coibiu de mostrar os dentinhos de leite ao ouvir tamanho estrondo. Afinal, mãe, peidaste-te. Há 20 anos atrás.

Regresso ao futuro

Mantorras visita obras do Futuro Centro de Estágios do Benfica, no Seixal.


"Obra linda, linda! Muita condição! Sinto-me em casa... me sinto como peixe no água... me sinto... LIGA A BETONEIRA, BRÓ! 3 PARTE DE AREIA, 2 DE CIMENTO E ÁGUAAAA!!! 'BORA, PÉSSOAR!!"

Arrivederci, Trap



Pelos vistos, Trapattoni sempre vai para junto da família ainda este ano.

quarta-feira, setembro 21, 2005

Carrilho Vs Carmona (Uncut Version)

Carmona Rodrigues e Manuel Maria Carrilho travaram, a semana passada, um aceso debate televisivo. O que grande parte do povo português não sabe é que o debate a que assistiram via SIC Notícias tratou-se de uma versão censurada. O Período teve acesso à versão sem censura e publica-a, agora, na íntegra.

Carmona - Em primeiro lugar queria agradecer a oportunidade de me defender dos insultos de que tenho sido vítima por parte do Dr. Manuel Maria Carrilho…
Carrilho - Não seja mentiroso, seu bexigoso.
Carmona - Estão a ver?
Carrilho - Esteja caladinho que não tenho dito mentira nenhuma. Você é, de facto, um grande despesista!
Carmona - Eu não lhe admito, despesista é o senhor que gastou milhares de euros em outdoors muito antes de qualquer campanha, sua catatua.
Carrilho - Vá chamar despesista a outro e, já agora, esprema essa merda de furúnculo que tem na penca, que me está a dar vómitos.



Moderador - Meus senhores, tenham calma, por favor controlem-se.
Carmona - O Sr. Dr. Manuel Maria Carrilho bem que podia dizer ao povo lisboeta quanto pagou por uma puta de uma sanita no tempo em que era ministro da cultura.
Carrilho - Ai, seu cabrão! Devia saber que só defeco em sanitas de qualidade, ou você julga que eu quero que o meu cu fique no estado da sua cara? Mas uma coisa eu prometo, ao contrário de outros – como você e o seu amiguinho Pedro Santana Lopes -, vou servir Lisboa e não servir-me dela como faço com as beiças da Bárbara.
Carmona - Blasfémia! Isso não aceito, uma coisa é chamar-me cabrão, outra é dizer que sou amigo do Santana Lopes. Não lhe admito. Retire isso já, sua perua!



Moderador - Meus senhores, meu senhores, por favor. Que tal discutirem outros assuntos que sejam do interesse do povo lisboeta, como por exemplo o túnel do Marquês?
Carrilho - Boa!
Carmona - Qual boa qual carapuça, por acaso o Dr. Manuel Maria Carrilho sabe quantas fases tem um projecto?
Carrilho - Por amor de Deus, Sr. Engenheiro…
Carmona - Se não sabe as fases de um projecto, então quantas fases tem uma queca na Bárbara? Vá, diga lá?
Carrilho - Por favor, Sr. Engenheiro…
Carmona - Nem sabe! Diga lá, quantas fases tem uma queca?
Carrilho - Quantas você quiser!!!
Carmona - Isso é tudo muito bonito, mas você não engana ninguém com esse arzinho de rabo.
Carrilho - E você? Mas você já olhou para as suas fuças?! Está à espera que o povo de Lisboa, tão farto de buracos na estrada, vote num indivíduo que nem os buracos da cara consegue tapar. Sabe qual é a semelhança entre a sua cara e o túnel do Marquês?
Carmona -
Carrilho - Estão os dois permanentemente em obras.
Carmona - Mas por falar em buracos, o que dizer da puta da sua mulher que oferece o buraco a qualquer um?
Carrilho - Eu não lhe admito que fale assim da vaca da minha mulher! O dela pode ser grande, mas não é tão grande como o buraco financeiro que você deixa na câmara, seu merdoso.
Moderador - Calma, meus senhores, calma.
Carmona - Vá para o caralho também você, seu moderador tendencioso de merda. O Carrilho prometeu-lhe umas voltinhas com a Bárbara, foi? Se calhar, pelo seu aspecto, é mesmo com ele que lhe apetece dar uma voltinha, paneleirote de merda.
Carrilho - Como ousa?! Sou muito macho, filho de uma grandessíssima putéfia resssabiada!
Carmona - Vá para o caralh…
Moderador - Caluda, já, seus labregos de merda!!!
Carrilho e Carmona - Ai que grande ordinário.

terça-feira, setembro 20, 2005

Be careful what you wish for

«Não me importava repetir o 2-1 por mais 30 jornadas»
José Peseiro, treinador do Sporting, antes do jogo deste fim-de-semana

Ontem, o desejo de Peseiro concretizou-se e o Sporting levou 2-1 do Nacional.

segunda-feira, setembro 19, 2005

Esquadrão SLB



Não és águia, não és nada!

domingo, setembro 18, 2005

Uma vigília por Pequeno Doce

A gata da minha irmã (também conhecida por Pequeno Doce), de altas linhagens da mais importante nobreza de gatos, não aguentou a recente relação da sua dona com um plebeu de origem transmontana e atirou-se de um terceiro andar. Como resultado esfolou o seu nobre queixo e magoou uma das nobres patas traseiras, com a qual coçava as suas nobres pulgas.
Peço a todos que façam durante, esta semana, várias vigílias pela sua recuperação rápida, já que esta gata de sangue puro apenas pretendia que o sangue da sua dona não ficasse manchado por ter cedido à luxúria de um plebeu sem escrúpulos.

terça-feira, setembro 13, 2005

Papagaios

O Dias Ferreira ontem, no programa Dia seguinte na SIC, enquanto falava com Fernando Seara sobre o comentário proferido por José Veiga, chamando papagaio ao dirigente leonino, disse: "Fui ao dicionário ver o significado de papagaio e encontrei isto" - e estende um papel a Fernando Seara. Este ao ver o papel disse "e eu o que faço com isto" e rasgou o papel todo. Ficou um clima terrível. Não sei o que tinha o papel, mas imagino que fosse um papagaio a ir ao cu do Seara, ou talvez o Miguel com um papagaio ao ombro com cara de Luís Filipe Vieira e a dizer "trouxe-o d'áfrica", ou então a cara do Seara em corpo de papagaio com a câmara de sintra por trás.

Alzheimer

Mil doentes vão comprar fármacos mais baratos.

Isso é o que eles julgam!

segunda-feira, setembro 12, 2005

Regras rígidas

Benni McCarthy foi expulso de um estágio do F.C. do Porto porque, ao chamar uma cabeleireira numa sexta-feira à noite, violou uma das principais regras impostas por Co Adriaanse e Pinto da Costa. O ponta-de-lança sul-africano teve, mais uma vez, uma atitude condenável e provocatória. Toda a gente sabe que, numa véspera de fim-de-semana, para um centro de estágios do F.C.P. só se podem chamar prostitutas.

sábado, setembro 10, 2005

Já que começámos...

Depois da implosão das duas torres de Tróia, eu proponho a implosão do Estádio do Dragão, com o Pinto da Costa, Valentim Loureiro, Alberto João Jardim, Avelino Ferreira Torres, Fátima Felgueiras, Isaltino Morais e todos os Super Dragões lá dentro.

sexta-feira, setembro 09, 2005

Ache isto estranho...



"Rio Ave é a melhor equipa em Portugal neste momento" - Co Adriaanse in O Jogo 09/09/05

Hum... alguém devia mandar testar o mister... 30 jogadores no plantel, Baía na baliza, Postiga para o lugar do Diego, McCarthy a titular e agora isto!? Começo a desconfiar que as idas à Holanda não são só para ver a família!

terça-feira, setembro 06, 2005

Rigor Jornalístico

"O árbitro, conhecido pelo seu cabelo rapado e olhos azuis fora das órbitas..." - Notícia a referir o abandono da arbitragem por Collina in Expresso (Economia) 03/09/2005

Allopecia Universalis!? Será que não lhes diz nada?! Será que a alminha que escreveu isto também acha que o tipo rapa as sobrancelhas!?



Collina, ou Afro-Man : como era conhecido antes de começar a rapar os cabelos e as sobrancelhas.

domingo, setembro 04, 2005

Discurpa Jerónimo!

Jerónimo de Sousa, no seu discurso por ocasião do encerramento da Festa do Avante, afirmou que José Sócrates devia publicamente pedir desculpa aos portugueses pela ineficácia do governo no combate aos incêndios.
O Período apurou que um José Sócrates tremendo de medo com o ultimato comuna, foi falar com Miguel (ex-jogador do Benfica) para lhe pedir conselhos sobre a melhor forma de pedir desculpa em frente às câmaras.

E.R. à portuguesa!

Quer-me parecer que os bombeiros portugueses andam a ver televisão demais, fora da época de incêndios.
Lembraram-se agora de fazer braço de ferro com médicos do INEM, insistindo em transportar feridos graves num helicóptero de combate a incêndios, acompanhados por duas enfermeiras de um centro de saúde.
E reagem negativamente quando o INEM insistiu num transporte seguro, ainda que mais tardio, feito por um helicóptero medicalizado com uma equipa médica a acompanhar.
Eu, pelo sim pelo não, chamava George Clooney para resolver a disputa.

sábado, setembro 03, 2005

E agora em português, senhor Primeiro Ministro, pode ser?

(...) no início do próximo ano lectivo a maioria das escolas vão estar aberta!
(...) no próximo ano lectivo a maioria das escolas do ensino básico vão ensinar inglês!

José Sócrates na rentré (em francês, porque este é um blogue fino) política, falando sobre as novidades no ensino português.
E quem é que ensina português ao nosso Primeiro Ministro?

A solidariedade começa em casa

Já que o nosso país anda tão altruísta e com excesso de petróleo, porque não mandar uns barris aqui para casa. É que ultimamente tem andado particularmente caro atestar o depósito do meu carro.
E se não for pedir muito, mandem-no já refinado em forma de gasóleo.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!