Sai nos dias de maior fluxo

quinta-feira, agosto 31, 2006

Buh!

Hoje de manhã apanhei um valente susto. Vindo do nada, um gato atravessou-se à frente do meu carro. Dei uma guinada no volante e por pouco não enfiei o carro numa valeta. O gato safou-se, mas apanhei um cagaço de intensidade 3, na escala de sustos.

Escala de sustos:
Intensidade 1 - Levantamento do sobrolho e ligeira abertura da boca, podem ou não ser expelidos perdigotos.
Intensidade 2 - Pequeno salto, ao mesmo tempo que se deixa escapar um gemido efeminado.
Intensidade 3 - Aumento do batimento cardíaco e libertação de um berro, seguido de um chorrilho de asneiras, normalmente dirigidas à progenitora do causador do susto, isto se o filho da puta tiver mãe.
Intensidade 4 - Rebentamento de uma veia na testa e incontinência anal momentânea ou permanente.
Intensidade 5 - Salto mortal para trás, aterragem de cu e colhões mirrados para sempre.

quarta-feira, agosto 23, 2006

Eu Show Schinkels

Tive pena que o Co Adriaanse se tenha ido embora. Mas tenho ainda mais pena que, em vez do cinzentão do Jesualdo Ferreira, o Pinto da Costa não tenha contratado um substituto à altura do holandês. O treinador do Áustria de Viena, Frenkie Schinkels, também ele holandês, embora naturalizado austríaco, era a pessoa ideal para dar continuidade ao trabalho desenvolvido por Adriaanse. Não me refiro ao sistema de três centrais, mas sim às animadas conferências de impressa. Aqui ficam alguns exemplos do potencial de Schinkels:

"Não receio o Benfica. Medo? Só tenho da minha mulher quando chego tarde a casa" - antes do primeiro jogo frente ao Benfica.

"Na Áustria, ninguém espera que eliminemos o Benfica. Ninguém! Nem mesmo a minha mulher" - antes do jogo da segunda mão.

"Eles não tiveram tomates..." - sobre os jogadores do Áustria de Viena, depois do jogo no Estádio da Luz.

"Sofreu uma pancada e perdeu a visão num olho. Mas no final do jogo até lhe perguntei se antes de ter começado não tinha já perdido o outro... Não sei se estão a perceber a piada..." - respondendo a um jornalista, que lhe perguntou o que aconteceu a um jogador do Áustria de Viena na segunda parte.

E a cereja em cima do bolo, o nome do primogénito de Schinkels: Ronaldo Romário Schinkels.

Alzheimer?

"Já há muito que não se via uma noite europeia como esta no estádio da Luz."
José Gabriel Quaresma, repórter/monhé de campo da TVI, durante a transmissão do Benfica-Coxos de Viena

Recordo-me vagamente de uns quantos jogos contra o Barcelona, Liverpool e Manchester Utd, mas isso sou eu que tenho boa memória. Já foi há muito, muito tempo.

terça-feira, agosto 08, 2006

Grande Entrevista

O Benfica disputa hoje a primeira eliminatória de acesso à Liga dos Campeões, frente ao Áustria de Viena. Para falar deste jogo e de outros assuntos da agenda benfiquista, entrevistamos Luís Filipe Vieira, Presidente do Sport Lisboa e Benfica.

O Período - Boa tarde, senhor Presidente, antes de mais, comecemos pelo jogo de logo à noite. Prognósticos?
Luís Filipe Vieira - Boa tarde, queria começar por dizer que, caso soubesse ler, era fã do vosso blog. Em relação ao jogo de logo à noite, espero um Benfica à Benfica. Um Benfica igual a si próprio.
OP - Espera, portanto, perder o jogo por três?
LFV - Hmmm!? Claro que não! Perder por mais de um zero é uma derrota.
OP - Hã!? Esqueça lá isso. Falemos antes dos jogadores. Está satisfeito com o plantel?
LFV - Muito, com o plantel e com o treinador. Fernando Santos é o homem certo para pôr esta equipa a voar rumo às glórias, como a águia Vitória em direcção ao seu poleiro.
OP - Então, se as coisas não funcionarem com o Engenheiro, podem sempre trocá-lo pelo treinador da Vitória. É verdade que a Vitória anda bastante tempo às voltas, mas lá consegue chegar ao poleiro cheio de carne. Se calhar se pusessem carne nas redes das balizas adversárias também funcionava para alguns jogadores. Mas estou a dispersar. Voltando um pouco atrás, pensa contratar mais algum jogador?
LFV - O plantel está fechado.
OP - Quer dizer que em Dezembro não vão contratar os habituais 3 ou 4 jogadores que, no início da época seguinte, são dispensados?
LFV - Não são todos dispensados, vejo o caso do Marcel, do Moretto e do Manduca.
OP - Os dois primeiros é só uma questão de tempo, e relembro-o que o Manduca foi emprestado ao AEK.
LFV - Logo, na realidade, não pode ser considerado uma dispensa, serviu para enfraquecer o plantel de um rival. Com o Manduca na equipa ficaram mais fracos e da próxima já não levamos três. Hmmm...


- O futebol português é como as minhas orelhas, precisa de ser limpo com frequência.

OP - E a transferência do Simão, está para breve uma decisão final?
LFV - O Simão está muito feliz no Benfica. Gosta muito do Benfica. Hmmm...
OP - Acredito que sim... Gosta tanto que sempre que pode tenta pisgar-se. E o Rui Costa, como está a ser o seu regresso?
LFV - O Rui Costa é um grande benfiquista. Um homem que chorou quando marcou um golo ao Benfica ao serviço da Fiorentina.
OP - Quando marcou e quando deu a marcar.
LFV - Deu a marcar?
OP - Frente ao Sporting no torneiro não sei das quantas. Quando deu o primeiro golo ao Sporting, juro que vi uma lagrimazita no canto do seu olho. Em relação à Liga de Clubes, sempre apoia a candidatura de Hermínio Loureiro? Pergunto-lhe isto porque ainda recentemente disse que não queria políticos no futebol.
LFV - Disse? Hmmm... Sabe, morreu o Jorge de Brito, um grande Presidente e um grande benfiquista, e estou muito emocionado, não falemos desses assuntos.
OP - E o processo ao "Apito Dourado"? Ainda acha que vamos ter clubes e dirigentes punidos?
LFV - Infelizmente não. É mais uma vergonha do futebol nacional. Mas nós sabemos de onde vimos e sabemos para onde vamos. Também sabemos quem são os alvos e esses estão bem assinalados, tal como os seus jagunços. Esperemos que todos os envolvidos no caso "Apito Dourado" sejam expulsos do futebol e não desfraldem mais uma vez as pessoas honestas. Hmmm...
OP - Mas, por outro lado, manifestou o seu apoio a qualquer candidatura em que Valentim Loureiro, um dos principais arguidos do caso "Apito Dourado", estivesse envolvido. Não será uma incongruência?
LFV - Uma quê? De qualquer das formas, não queria falar sobre isso. O Jorge de Brito faleceu no outro dia e ainda estou muito sensível.


- Se até à data das próximas eleições não tivermos 894 mil e 236 sócios é provável que não me recandidate.

OP - Muito bem, mudemos de assunto. Falemos então do novo centro de estágios do Benfica. Parece que finalmente está tudo operacional, só falta o nome.
LFV - Confirmo. Um nome que pode ser escolhido pelos benfiquistas.
OP - Se me permite, tenho aqui algumas propostas. Por mais que goste de Football Village, Caixa Centro de Talentos ou Caixa Futebol Campus, que acha destes: Caixa Centro de Toscos; Caixão de Treinadores; (en)Caixa Três por Jogo; Caixa Retirement Village; ou, simplesmente, Caixote?
LFV - Você por acaso está a brincar com o Benfica!? NINGUÉM BRINCA COM O BENFICA! Ó Veiga, chega aqui! Chama lá o teu primo para dar umas lambadas neste tipo. HMMM!!!

quarta-feira, agosto 02, 2006

Novo sistema, nova vida

Com o novo sistema táctico, todos os problemas do Benfica vão desaparecer. O Benfica passará a ter uma equipa de futebol perfeita, deixará de sofrer em média 3 golos por jogo e até começará a ganhar alguns jogos. Já oiço os passarinhos a cantar, finalmente teremos um Benfica à Benfica.
Aqui ficam algumas das melhorias que Santinhos espera que a mudança táctica traga ao Benfica:
- Moretto passará a dar apenas um peru de três em três jogos;
- O cabelo do Nuno Assis ficará mais solto e menos volumoso;
- O Micolli e o Léo ganharão 15 centímetros de altura;
- O Beto aprenderá a passar uma bola;
- O tempo voltará atrás e o Benfica, neste passado alternativo, nunca pagará 3,5 milhões de euros pelo Marcel;
- O Petit ficará com o queixo direito e passará a ser um jogador dócil e um pouco mais inteligente;
- O Katsouranis começará a marcar golos na baliza certa;
- O Simão será vendido por 80 milhões de euros ao Valência;
- Rui Costa e Chalana rejuvenescerão 20 anos e voltarão a ser jogadores de futebol;
- E, por fim, Luís Filipe Vieira arranjará uns novos chavões e nunca mais iremos ouvir, "ninguém brinca com o Benfica", "o tempo da feira das vaidades já se acabou", "sabemos o que queremos", "o Benfica incomoda muita gente", etc...

Santinhos de trazer por casa não fazem milagres

Após uma conversa franca e honesta com José Veiga e os capitães de equipa, Fernando Santos chegou à conclusão que se calhar é melhor mudar o esquema táctico da equipa. Parece-me bem. Não só mostra que os últimos dois meses de preparação e planificação(?) do plantel foram um completo desperdício de tempo, como fica, desde já, claro quem é que realmente manda na equipa. Só tenho pena que, para além de uma perua cheia de laca e dois ou três trolhas, o engenheiro não tenha convocado também alguns milhares de benfiquistas para o debate aberto e construtivo. Aposto que, se isso tivesse acontecido, teria chegado a uma conclusão ligeiramente diferente: que, em vez de mudar de sistema táctico, o ideal seria ele mudar de clube.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!