Sai nos dias de maior fluxo

quinta-feira, julho 29, 2004

Quantos são?

Quantos são os locais do País que não estão a arder?
Quantos são os interesses espanhóis em Portugal, e já agora nas zonas ardidas?
Quantos são os ministros e/ou secretários de estado que metem nojo?

Eu não quero ser conspirador, mas isto não tem mão desses "nostros chulos". Onde está a comissão de prevenção desse grande ministro que foi Sevinate Pinto. Acho que reuniram no fim de Junho na Quinta que o mesmo possui algures no Norte Alentejano. Já agora, eu volto a frisar que acho que não foram os interesses espanhóis a puxar fogo ao País.
Passo a explicar: - Como nós nos fodemos a nós próprios com estes governantes os espanhóis já sabem, vêm ao refugo e acabam com o resto. 
ESPANHOL - "Entonces hermano, qieres vendiere essa tierra qiemada. Te doi..."
PORTUGUÊS - "Se dói. Foda-se preferia ser enrabado por um espanhol, que ver esta merda a arder e ainda por cima ter de lhe vender isto ao desbarato."
ESPANHOL - "Cien oliveras qiemadas por cien euros."
PORTUGUÊS - "Ficámos sem nada pois. Sem euros e sem oliveiras. Olha espanholito, levas 100 oliveiras por 50 euros. O que é que dizes."
ESPANHOL - "Non. Assi llebo 100 oliveras por binte eros."

Correio do Leitor

Inicio aqui mais uma rubrica de um só dia n'O Período - o Correio do Leitor.
Deixo-vos aqui um conselho que nos foi enviado por uma leitora assídua, quase de Benfica:

Conselho do Dia - Nunca deixe uma criança sozinha com um dragão esfomeado!

terça-feira, julho 27, 2004

Nem tudo vai mal no país

Hoje vou dormir decerto bem mais repousado. É que descobri que, afinal, Boticas tem um Presidente da Câmara.
Nada temam, meus caros, Boticas está em boas mãos! 

O diário de José Castelo Branco

Infelizmente este post não se trata de nenhuma peça de ficção criada por mim e pelo Loretta. A revista Tv7 numa luta incessante para procurar agradar aos seus leitores (incluindo os de casa de banho) assinou um contrato com o "Marchant" Castelo Branco. Esse contrato proporcionou a oportunidade que Castelo Branco tanto ansiava de se lançar no mundo da "literatura", procurando atingir o patamar de Margarida Rebelo Pinto ou Maria João Lopo de Carvalho. Apesar de serem apenas duas páginas, o nosso José já poderá começar a sua almejada "reeducação" do povo português, indicando tudo o que é "in" ou "out", o que é "chique" ou "horroroso" e expondo os "invejosos" e "pindéricos".
Devo admitir que este seu primeiro "ensaio" me deixou amplamente satisfeito, tal foi a riqueza do seu conteúdo. Desde a análise política, comentários em relação às tendências da moda nacional, avaliação dos principais destinos turísticos ou simples "gossip".
Para vosso deleite resolvi transcrever algumas das melhores partes deste brilhante artigo, digno de qualquer revista de referência, "Times", "Newsweek", "The Economist", "Stern", "National Enquirer" ou a nossa "Visão". Mais uma vez, reafirmo, que não se trata de um post de "ficção", foi mesmo José Castelo Branco que escreveu este belíssimo artigo. Sem mais delongas, eis excertos da referida "peça jornalística".

Introdução:
"AMIGOS E AMIGAS, PREPAREM-SE! A minha "pena" vai deslizar pelas hostes literárias... Não se admirem de espanto patológico e pensem que é mais uma coluna social! Enganaram-se, queridíssimas! Vai ser, literalmente, uma narração semanal do meu diário matinal. Matinal porque é pela manhã que os meus neurónios funcionam em esplendor. COMO TAL, AGUARDEM-ME!".

Análise política:
"Semana muito politicamente incorrecta no nosso burgo se passou... não gostei de ver o ressabiamento da minha querida Ana Gomes. Não acreditei! Tinha acabado de desembarcar dos States, ligo a TV e... tudo um horror!"
"Contudo, teve graça o "disparo" do menino da esquerda (Francisco Louça) que, em puro estado de graça, disparou sem pestanejar que a república, outrora republicana, virara "monarquia laranja". Em resposta humilde e sincera, vou contar-lhe que o menino me fez sorrir e gosto de quem me faz sorrir..."
"Pois é, invejosos, pindéricos, quer queiram quer não, o pedrinho é o nosso prime minister e espero estar em plena forma para, um dia, poder interpretar Happy Birthday Mr President com todos os diamantes a que tenho direito! Não é fantástico este desafio? O País tem cor, luz, enfim, un petit quelque chose."

Gossip:
"De jet vou aterrar no panorama social... Ah queridíssimos! Na verdade o nosso set nacional, porque de jet é muito poucochinho."
"Carlos Pissara está finalmente a concentrar-se na decoração. Parabéns, apesar de he is not my cup of tea, dou sempre a César o que é de César e todas as festas por ele organizadas tiveram sempre nota dez de decoração. O Bon gout, está nos genes, por isso siga em frente... mas abra a porta querido. Existem excelentes decoradores neste burgo. As tartarugas são um amor, mas as raposas devoram os ovos..."
"Viram horrorosas, vocês viram? Ou são tão burras que só querem ficar pelo tom sobre tom da vida?"
"Um exemplo da Rainha da Sucata, um exemplo de mobilidade de uma verdadeira rainha do povo... Loura platinada, posidónia, igualíssima a vós, queridas por fora, sim senhor, por dentro uma autêntica senhora! Tendes coragem de atirar a primeira pedra que nem os fariseus? Criticais as "lilis" da vida de coragem... Quem sois vós, que morais nas Amoreiras, Cascais e afins de ais, divas de pé descalço com calçado suportado pelo crédito dourado... Elas são "Vitórias" da vida do burgo purpurinado..."
"La Féria - rendo-me à homenagem. É na verdade um génio, arrojado e... sei lá, um misto de Shakespeare e Broadway. É fantástico, ver para crer, que existe um resto de estirpe eleita lusitana. Um senhor em Black Tie, recebendo os seus candidados, além de talentoso, mantém-se um anfitrião de eleição. O guarda-roupa soberbamente concebido mereceu nota nove e não dez, pois na chiquíssima Lurdes Norberto foi colocado the broche na direita; contudo as fourrures eram fantásticas, penas os Bijoux não o serem!... Sei lá se não poderia ajudar?..."
"Amorosos, até me tratam por tu!... Sei lá, umas graças! Mas contenha-se, é tudo jet set nacional... Por amor de Deus queridos, Portugal é lindo, o Governo é chiquíssimo, tudo quanto há, mas já lá vou..."

Comentário em relação às tendências da moda nacional:
"Do nosso grupo, a Caneças encantava que nem um anjo de branco, a minha Bettyzinha, muito roliana, revivia os Dior's dos anos 50, o cabelo do Beauté estava magnífico, Teresa Sturken igual a si mesma, sempre amorosa com o seu mais que tudo Didier, Paulina Taborda, em versão de Marylin brunette, com o seu grupo de gentilmen´s charmants, brilhava sem o brilho dos melhores amigos - les diamants."
"A Nogueira que me perdoe, mas não tava nada 50 na versão de Bouvier. Querida, o vestidinho era 60, a peluqueira Shirley Bassey de acrílico não lhe ficava a matar, o seu boneco é mais de loura, e os óculos, querida, eram dos 80 do auge caneciano... sou seu amigo. Para a próxima peça opinião..."

Avaliação dos principais destino turísticos:
"Ponta Delgada está na moda. O desfilar de realezas (eu) é ímpar no contraste bucólico e verdejante de uma ilha do passado, mas sempre tão actual a nossa família real com os seus, e muito nossos principezinhos passeia-se pela vulcânica, mas verdadeiramente romântica cidade."

Fecho com a chave de ouro:
"Até para a semana DARLINGS."

Cidade de Deus

segunda-feira, julho 26, 2004

Apelo à solidariedade

Faço aqui um apelo aos leitores d'O Período: como já deverão ter reparado, nem sempre os redactores deste pasquim conseguem manter uma regularidade diária dos seus posts. A verdadeira causa dessa impossibilidade prende-se com o calor excessivo que se tem verificado nos últimos tempos.
Mas há algo que os nossos leitores podem fazer para minimizar este problema. Ao oferecerem um sistema de ar-condicionado central para esta casa, de onde vos escrevo, irão provocar o bem-estar imediato de três dos redactores d'O Período e o consequente incremento dos textos que tanto apreciam - foi bonita a imodéstia aqui evidenciada, não foi?
Quem quiser contribuir para esta causa deverá enviar o número de cartão de crédito e a quantia que deseja oferecer para o_periodo@hotmail.com.
Obrigado.

A redacção.

domingo, julho 25, 2004

Ai o calor!

Segundo a Protecção Civil os grupos de maior risco de serem afectados pela onda de calor são as crianças, as pessoas com problemas respiratórios e os idosos. Segundo a mesma organização, estes grupos devem evitar a exposição prolongada ao Sol e ao calor, e ingerir muitos líquidos.
Confesso-me preocupado, sem saber se Giovanni Trapattoni tem seguido estas recomendações.

The PS-Files

Segundo o Diário Digital: «Soares e Alegre tentarem unir-se para derrotar Sócrates»
O Sócrates que se cuide, pois eles andem aí. Ai, andem, andem.

sexta-feira, julho 23, 2004

Sr. Doutor...

... nos últimos dias, quando assisto aos telejornais e vejo o novo Primeiro-Ministro, fico com náuseas e vontade de vomitar.
Será que estes sintomas vão demorar 2 anos?

Roi-te de inveja Beckham!

Simão Sabrosa decidiu rapar por completo o ninho de ratos, a que alguns tinham a veleidade de chamar de cabelo. O Período apresenta em primeira mão uma foto do Simão com o seu novo look.

"Este penteado é para ti, Mariana!"

quinta-feira, julho 22, 2004

Ó boooooaaa...

A beleza de uma mulher é directamente proporcional à velocidade com que, nós homens, viramos a cabeça quando passamos por ela. Por vezes a gaja é tão boa que exageramos na rapidez do movimento, e ficamos com o corpo virado para um lado e a cabeça para o outro. Já me aconteceu isto algumas vezes.
Mas independentemente da opinião que retire da parte da frente, homem que é homem, vira-se sempre que se cruza com uma mulher. Sempre. Se a opinião for positiva, vira-se para confirmar a regra que nos diz que estas coisas normalmente vêm aos pares. Ou seja, a uma boa dianteira raramente vem acoplada uma parte traseira má. Se a opinião for negativa, o homem vira-se com a esperança que pelo menos o cu ajude a compor o ramalhete. «Pá, se a gaja ficasse sempre de costas até lhe fazia o jeitinho.»

Quem diria...

Segundo o site do Jornal A Bola, o final da etapa de hoje da Volta a França foi disputada ao sprint por Lance Armstrong , Ivan Basso, Andreas Kloden e Lars Ullrich. Não fazia ideia que o baterista dos Metallica era tão bom ciclista, e ainda por cima trepador, com aquele arzinho de enfezado... Não tarda temos Keith Richards a disputar as medalhas na maratona de Atenas 2004...

quarta-feira, julho 21, 2004

Que chatice...

"(O menor) viu seus estudos interrompidos por malfeitores quando lhe tiraram o pénis para vender."
in Lusa

Destesto quando isso acontece! Várias vezes estava eu a estudar e apareciam malfeitores que me cortavam o caralho para vender... chumbei a umas quantas cadeiras á custa disso...
Ainda bem que só lhe interromperam os estudos e não a vida inteira...

*truz*truz*
- Quem é?
- Malfeitores! É prá pichota...
- Ah... hummm... Outra vez ?!?!?! Mas agora estou a estudar...
- Desculpe a interrupção mas tem que ser mesmo agora! É pra vender na lota ás 6...

terça-feira, julho 20, 2004

Ó tempo volta pa trás

Inauguro hoje uma nova rubrica n'O Período, que caso tenha o sucesso de todas as anteriores rubricas deste periódico menstrual, começa e acaba hoje.
Resolvi inaugurar este novo espaço, «Ó tempo volta pa trás», com um jogo, para o saudoso ZX Spectrum, que fez as delícias de muitas crianças que nos longínquos anos oitenta não tinham a facilidade de acesso à pornografia que os jovens de hoje têm. Falo-vos de Paradise Café, esse brilhante jogo, desenvolvido por programadores portugueses, que veio ensinar a todas as crianças -  excepto as da casa-pia, pois essas já tinham aprendido com o Tio Carlos - frases como: "Ai que caralhinho"; "Quero comer-te o cu"; "Venho-me aqui e agora".
O objectivo do jogo era acumular o máximo de pontos através de idas às putas, tráfico de droga, ou enrabanço de senhoras da terceira idade. 

 
O nosso herói anónimo – o facto de não ter nome permitia-nos encarnar melhor a personagem – vagueava por um corredor infindável cheio de portas. Apesar de hoje em dia o seu look nos parecer um tanto ou quanto rabeta, não nos esqueçamos que por esta altura todos nós achávamos o Vanilla Ice estiloso.  
  
  
Existiam várias personagens no jogo, bastava-nos abrir as portas para interagir com velhas, ladrões, prostitutas e polícias. Ocasionalmente também podíamos encontrar uma porta que nos levavam ao Paradise Café. Local onde se transaccionava droga e armas de fogo. Enfim, o habitual.
  
  
Podíamos assaltar pobres velhinhas, o que era manifestamente pouco ético. Em vez disso era bastante mais agradável dar umas enrabadelas nas velhotas. Sempre lhes atenuava as dores de reumático.

   
Sempre que nos deparássemos com um ladrão existiam duas hipóteses, ou éramos assaltados ou ele limitava-se a pedir lume. O mais frequente era o ladrão levar um balázio, e depois choramingar, à laia Paulo Bento, que apenas queria lume.
De salientar que a péssima indumentária do ladrão ajudava a este comportamento Clint Eastwood de disparar primeiro e perguntar depois. Nunca suportei gajos vestidos de cabedal.  
 
   
O bófia só nos prendia se não tivéssemos documentos. Só ficávamos sem documentos se fossemos assaltados. Só podíamos ser assaltados pelo ladrão. Nunca éramos assaltados porque o amante de cabedal levava sempre um tiro nos cornos antes de soltar um pio. Simples.

   
Eis que chegamos à personagem fulcral do jogo, a puta. As putas envergavam todas o mesmo conjuntinho roxo, mas o nosso herói ficava sempre com um torcicolo mal as via.  
 
   
Uma vez dentro do quarto da puta, o nosso herói tinha três opções: sexo convencional, oral ou anal. Os preços oscilavam entre os 1000$00 e 3000$00. Usualmente pagávamos mais por um broche do que por uma canzana, quiçá este fosse o único erro do jogo.  
 
   
Caso não tivéssemos dinheiro para pagar à puta, entrava Reinaldo em acção. 

  
O castigo era óbvio.

segunda-feira, julho 19, 2004

Come a papa, Paulo Almeida come a papa...

Depois do segundo jogo de preparação, já não há dúvidas. Paulo Almeida é de facto um reforço de «peso».

Finalmente

Acho que agora é que o governo tem as concubinas todas de Paulo Portas. Vamos assim ter o CDS a mandar no Turismo (espanhóis a tomar o Algarve e o resto do País) e no Ambiente e Ordenamento do Território, que são duas áreas em que as políticas de direita são mais bem vindas. Espero sinceramente que os lobbys dos madeireiros e dos caçadores sejam postos de lado, bem como dos cães dos espanhóis. Acredito no Telmo Correia, na Luizinha Nobre Guedes e no seu ar de pessoas de bem.

Estilos

O estilo de Paulo Almeida faz-me constantemente lembrar o acutilante e sempre pressionante Michael Thomas. Eu acho que no contrato que este jovem assinou vinha uma cláusula que permitia o envio do Brasil de uma saca de feijão por semana para consumo da família. Eu até acho que o LFVieira já lhe vendeu um quadradinho no meio do estádio para ele esplanar o seu futebol sem sair do lugar. Sempre a fazer dinheiro Luís. Grande Presidente.
Bom, espero engolir este post com tanta força e garra como o Paulo Almeida come feijão tropeiro.

domingo, julho 18, 2004

Decepcionado

Ontem, ao conhecer a lista de ministérios do novo governo de Santana Lopes, fiquei extremamente decepcionado com a selecção do novo Primeiro-Ministro. Como é que este homem se propõe a governar um país sem um Ministério das Discotecas e Clubes Nocturnos? Seguindo a lógica de Pedro Santana Lopes, da competência dos Ministros para os cargos que ocupam, Maria José Nogueira Pinto seria o nome mais indicado para esta posição!

É para si, Sr. Primeiro Ministro... e grátis!

Recebi hoje um pensamento do dia por email, que gostaria de transformar em conselho grátis para Pedro Santana Lopes:
 
Mais vale estar calado e parecer estúpido, do que abrir a boca e confirmá-lo!
 
Depois não venha dizer que O Período nunca lhe deu nada, senhor Primeiro Ministro.

sábado, julho 17, 2004

Parabéns! Onde quer que estejas...

Pois é, caros leitores, temos mais um aniversariante neste mês de Julho. Hoje a nossa querida Loretta (o nome é de facto um pouco roto) faz anos!
Pois é, nosso querido morceguinho, onde quer que estejas - por certo enfiado no recanto mais escuro que tiveres à tua disposição - os parabéns em nome da redacção d'O Período!

Kitxi amigão...

17 de Julho, aparentemente um dia igual a tantos outros. Mas só aparentemente, pois 17 de julho é o dia de aniversário de David Hassellhof. Como tributo a David, decidi adicionar, aos «Bons Fluxos», o link do seu site oficial.



Parabéns David, sei de fonte segura que quem faz anos dia 17 de Julho é pessoal porreiro.

quarta-feira, julho 14, 2004

Brave Sir Robin ran away...

Mais um ano, mais vinte quilos.

terça-feira, julho 13, 2004

Palavras com dor!

"Saramago proferiu um discurso cheio de palavras com dor."
Jornalista a comentar o discurso de Saramago acerca da morte de Pintassilgo.

Jornalista - Saramago, como sente esta morte?
Saramago - Com dor, computador, desandador, espanador, rebobinador, aparafusador, intercomunicador, e penso que manifestador!
Jornalista - E foi Saramago, num discurso cheio de dor! Zé?

segunda-feira, julho 12, 2004

Ao mais alto nível

O período vai, esta noite, estar representado ao mais alto nível junto das estrelas do jogo AllStars organizado pela Fundação Luis Figo e Fundação Laureus. Um dia teria de ser, é hoje. Creio que agora que tenho um anel no dedo o meu poder no mundo aumentou. A Helen que o diga e o Figo que se cuide, pois com aquele penteado merdoso estilo "Pussy Beck" pode correr o risco de ser ultrapassado. O bico de pato faz milagre. Se não acreditam perguntem à vossa namorada...
Deve ser o poder do anel que me leva a escrever estas coisas. Vou propor à minha mulher tirá-lo de vez em quando, caso contrário ele pode consumir-me e deixo de responder pelos meus actos.
Estejam atentos.

domingo, julho 11, 2004

Querida Maria...

... eu não costumo consumir haxixe. Será que posso votar no Bloco de Esquerda?

sexta-feira, julho 09, 2004

Argh!

Pior do que ouvir Sampaio a entronizar Santana Lopes como Primeiro-Ministro, é ouvir Alberto João Jardim a elogiar o Presidente da República por tal escolha!

Encantadora

Ana Drago, candidates-te ao que te candidatares... tens o meu voto!

Ferronogoud

Eu queria ser Primeiro-Ministro no lugar do Primeiro-Ministro!

Santanete

Há quem os tenha grandes e no sítio e depois há o Sampaio...

Rescaldo (da crise)

Sampaio, enfia o Santana Lopes no CU!!!

quinta-feira, julho 08, 2004

Ahhh, como é bom o comércio tradicional!

Como é bom entrar numa mercearia de bairro! Em que esperamos 10 minutos que a dona acabe de dizer mal do cliente que acabou de sair; em que as mesmas mãos que acabaram de mexer em dinheiro e botijas de gás, são as que vão agarrar a sandes que está a ser preparada para nós; em que está afixado não se vende fiado, mas quando não há troco é sempre a nós que ficam a dever; em que os enganos nos trocos são sempre a seu favor; em que os preços dos itens não etiquetados variam ao longo da semana.
Estas e outras coisas fazem com que nunca deixe de acarinhar o comércio tradicional...

Ainda (e para terminar...) Trapattoni

Quem é quem?

Música no Coração


A família von Trapp-a-tonni.

terça-feira, julho 06, 2004

Adivinha

Qual o treinador italiano, recentemente contratado por um clube lisboeta, que se rege pela máxima: "velhos são os traps"?

segunda-feira, julho 05, 2004

AHÁ!!!

Está explicada a contratação de Trapattoni. Na apresentação do novo treinador do Benfica, Luís Filipe Vieira fez questão de relembrar que 2004 é o ano do centenário do Benfica. Por isso, parece-me lógico que, no ano em que comemora cem anos, o Benfica seja orientado por um técnico também ele centenário.

"A vitória da Grécia não me surpreendeu muito..."

Agora que a selecção não atingiu o seu objectivo, vamos começar a ver os fuínhas e seus parentes que andavam por aí escondidos e tristes...
Esses "animais" preferem apontar um frango ao Ricardo ou alguma má aposta de Scolari em vez de constatarem o óbvio: O FUTEBOL DA GRÉCIA É UMA MERDA!

Assim, imbuído do espírito desportivista de Loretta, queria deixar uma mensagem a um desses rastejantes:

Mourinho, enfia o losango no CÚ!!!
E que tenhas muitas... basculações!

Rescaldo (cada vez mais triste)

Luís Filipe Vieira, enfia o Trapattoni no CU!!!

domingo, julho 04, 2004

Rescaldo

Pauleta, enfia o queijo no CU!!!

Rescaldo

José Barroso, enfia a gravata da sorte no CU!!!

Acuso!

Venho denunciar aos nossos leitores o verdadeiro culpado da nossa derrota. Não, não foram os jogadores ou Scolari, muito menos a toalha suja de Eusébio ou a gravata mal passada de José Manuel Barroso (formerly known as Durão Barroso). Caros leitores, é com enorme tristeza que digo que o culpado está no seio da redacção deste periódico. Iznogud é o traidor que deu a vitória aos gregos nesta final quando não trouxe, para esta casa de onde escrevo, o vídeo projector que nos permitia ver os jogos da selecção em grande ecrã.
Sim, meu traidor, espero que estejas a festejar a vitória dos teus amiguinhos gregos.

sexta-feira, julho 02, 2004

Uma questão de perfil

Está encontrado o sucessor de José Eduardo Bettencourt na SAD Leonina. O bom trabalho realizado por Bettencourt fez com que Dias da Cunha procurasse um substituto com um perfil idêntico ao do administrador demissionário, ou seja: ter uma farta cabeleira branca. Como Richard Gere recusou o convite, Dias da Cunha ficou-se por um tal de Paulo Andrade.

quinta-feira, julho 01, 2004

Tadinha...


Imagens como esta partem-me o coração. Snif...

Ai!!! Ai!!! Ai!!!

Se a moda pega...

Tem sido realmente fantástico ver a quantidade de bandeiras de portugal por esse portugal fora. E ainda é mais fantástico se pensarmos que foi um cidadão Brasileiro quem provocou esse acontecimento.



Mas agora imaginem, por uns momentos, que o treinador da selecção portuguesa era outra pessoa!
Como por exemplo...


António Oliveira


Toni


José Mourinho


Eusébio


Durão Barroso


Paulo Portas

Assustador... não é???



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!