Sai nos dias de maior fluxo

quinta-feira, março 29, 2007

Gémeos

Ultimamente muito se tem falado do presidente da República e do primeiro-ministro da Polónia. Ora para fazer referência à cruzada de ambos pelos bons costumes, ora para repetir ad nauseum que os dois são gémeos idênticos.
Grande coisa. Até parece que é um caso único. Existe um outro país europeu que é governado e presidido por gémeos. Um país à beira mar plantado.

segunda-feira, março 26, 2007

Grande Pai, volta! Estás perdoado!

Ontem, no concurso Grandes Portugueses, na RTP1, para além da primeira vitória democrática de Salazar, houve um outro momento histórico: Paulo Portas - quiçá comovido com a iminente consagração de Salazar - resolveu sair do armário.
A certa altura falava-se das fraquezas de Fernando Pessoa e é referido o seu pretenso alcoolismo. De seguida é dada a palavra a uma sobrinha do poeta, que, indignada, defende que o tio, e passo a citar: "não padecia nem de alcoolismo nem de homossexualidade, como dizem as más-línguas." Passados uns minutos, Ana Gomes afirma que se o alcoolismo pode realmente ser considerado uma fraqueza, já a homossexualidade não pode ser encarada como defeito, ou doença. No preciso momento em que a Ana Gomes profere estas últimas palavras, a câmara dá-nos um grande plano do Paulo Portas, que acena vigorosamente a cabeça, em concordância, e esboça um sorriso.
Ok, não foi bem um sair do armário, quanto muito um sair da gaveta, mas já é um começo para este novo e recauchutado Paulo Portas.

segunda-feira, março 12, 2007

Descubra você mesmo


Quem é esta mulher? Aposto que ninguém sabe!


E este jovem, quem é este lindo homem? Aposto que ninguém sabe!


Este de certeza que não sabe, ou sabe?

Pergunte no programa novo da TVI e talvez as "beldades" saibam, ou então os "mestres". E que mestres, meu Deus!

Diga-me o resultado. SE ACERTAR NOS TRÊS GANHA UMA VIAGEM com a Iva Pamela onde você quiser..... e leva o outro jovem cheio de piada que está neste novo projecto da TVI.

segunda-feira, março 05, 2007

Deixem conduzir o Mantorras

Depois da falsificação do passaporte: «Mantorras conduzia com carta inválida»

A Lenda D'El Rei D. Sebastião



Fugiu da liderança do seu partido
El Rei D. Sebastião
Perdeu-se numa coligação
Com o fiel guerreiro menino

Os betos e as tias
Nas ricas moradias de Cascais
Juravam que nas manhãs
De cerrado nevoeiro
Vinha D. Sebastião

Putas e paneleiros
Dos lados do Parque Eduardo Sétimo
Afirmaram terem visto
Lindo de longos cabelos loiros
El Rei D. Sebastião

Burgessos vindos da União Europeia
Ribeiros e Castros desconhecidos
Tentando iludir o povo
Afirmarem serem eles
El Rei D. Sebastião
E que voltava de novo

Todos foram desdenhados
Rejeitados pelos feirantes
Pois nas praias de Aveiro
Trazidos pelas marés
Encontraram o seu jaguar
Farrapos de um jornal independente
Pedaços de nevoeiro
A peruca e as meias de nylon
De El Rei D. Sebastião

Fugiu mas regressou como herói
El Rei D. Sebastião
E a lenda renasceu
Entre a bruma do passado
Chamavam-lhe o desejado
Pois que nunca se chegou a ir embora
El Rei D. Sebastião
El Rei D. Sebastião



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!