Sai nos dias de maior fluxo

sábado, junho 23, 2007

Ixodídeos e Argasídeos (parte II)

É tão idílica a imagem de um casal apaixonado, deitado placidamente no meio de um qualquer prado verdejante, na Primavera ou no Verão.
Rebolam-se, riem-se, enfim… são felizes.
Hoje caminhei no meio da vegetação e aguardei, de pé, 5 minutos parado no mesmo lugar. Quando dei por mim tinha cerca de 9 carraças a tentar trepar pelas minhas pernas acima, tendo descoberto mais uma na parte de dentro das minhas calças, quando, mais tarde e já em casa, inspeccionava cada centímetro do meu corpo à procura de alguma que pudesse estar escondida.
Já me apercebi que sou um homem quente, muito apreciado por estes pequenos aracnídeos. Mas não posso deixar de me questionar sobre o que acontecerá à magia do momento desse mesmo casal de namorados quando, mais tarde, partilharem um momento mais íntimo e muito especial.
- Não pares querido… não agora!
- Querida, espera lá um bocadinho! Uma coisa é ficar com um ou dois cabelos na boca, agora anda para aqui uma coisa a passear em baixo que tem patas e movimento a mais para o meu gosto.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!