Sai nos dias de maior fluxo

segunda-feira, março 26, 2007

Grande Pai, volta! Estás perdoado!

Ontem, no concurso Grandes Portugueses, na RTP1, para além da primeira vitória democrática de Salazar, houve um outro momento histórico: Paulo Portas - quiçá comovido com a iminente consagração de Salazar - resolveu sair do armário.
A certa altura falava-se das fraquezas de Fernando Pessoa e é referido o seu pretenso alcoolismo. De seguida é dada a palavra a uma sobrinha do poeta, que, indignada, defende que o tio, e passo a citar: "não padecia nem de alcoolismo nem de homossexualidade, como dizem as más-línguas." Passados uns minutos, Ana Gomes afirma que se o alcoolismo pode realmente ser considerado uma fraqueza, já a homossexualidade não pode ser encarada como defeito, ou doença. No preciso momento em que a Ana Gomes profere estas últimas palavras, a câmara dá-nos um grande plano do Paulo Portas, que acena vigorosamente a cabeça, em concordância, e esboça um sorriso.
Ok, não foi bem um sair do armário, quanto muito um sair da gaveta, mas já é um começo para este novo e recauchutado Paulo Portas.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!