Sai nos dias de maior fluxo

sexta-feira, julho 07, 2006

Pintelho Real

Contrariando a falta de autorização do IPPAR e da Ministra da Cultura, investigadores de O Período assaltaram pela calada da noite a tumba do suposto primeiro Rei de Portugal. O resultado cifrou-se num mísero pêlo púbico, o chamado Pintelho Real. Com recurso às mais avançadas tecnologias postas à disposição de O Período por D. Duarte Pio, foi possível estabelecer uma cronologia da vida daquele Rei com base nas curvas e contracurvas do seu Real Pintelho.


1121 - Ínicio da puberdade. Primeira Real Punheta.
1128 - Batalha de S. Mamede. Início do desenvolvimento de Portugal sob a sua égide.
1139 - Auto-proclamação como Rei de Portugal. A vida do Rei caminha para o seu auge.
1143 - Tratado de Zamora. Castela reconhece o Reino de Portugal e é sempre a subir.
1147 - Conquista de Lisboa aos moiros. D. Afonso Henriques alarga para sul o território, entrando o Reino numa fase de establização.
1169 - Feito prisioneiro em Badajoz. O sucesso do Rei estagna, passando mesmo por uma ligeira crise.
1179 - O Papa Alexandre III reconhece o Reino de Portugal. Que é que isso interessa agora? Todos já reconhecem e D. Afonso já entrou na fase descendente da sua vida.
1185 - Morte do Rei D. Afonso Henriques. Nos últimos anos houve um acentuado crescimento púbico acompanhado pelo decréscimo das suas faculdades.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!