Sai nos dias de maior fluxo

domingo, novembro 13, 2005

Sexo inseguro

Segundo um estudo, metade dos adultos portugueses não faz sexo seguro. Eu pertenço a essa fatia, admito. Das raras vezes que o faço sinto-me sempre inseguro. "E agora, que é que faço?", "Será que estou a ser precipitado?", "Quem me dera desta vez aguentar mais que 3 minutos...", "Avanço? Não me parece... sinto-me tão inseguro..."," Será que ela está a sentir alguma coisa?", "Isto é ela a ressonar ou fui eu que me peidei?" são algumas das frases que me passam pela cabeça enquanto pratico sexo inseguro.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!