Sai nos dias de maior fluxo

quarta-feira, maio 26, 2004

Cão cabeça de funil

De há uns dias para cá sou atormentado com uma visão aterradora, no seio de meu lar: um cão, de tamanho considerável, que em vez de cabeça tem um funil branco colado ao pescoço.
O pior é que esta visão me persegue e atormenta. De manhã sou acordado com o barulho tenebroso do funil a bater nas grades da varanda. Como se tal não chegasse são inúmeras as vezes em que este cão, com cabeça de funil, fica imobilizado no meu caminho impedindo-me de passar, obrigando-me a escolher entre voltar para trás ou confrontá-lo.
Iznogud tenta tranquilizar-me dizendo que este cão é do meu irmão e que o funil é só para que não se coce numa área que está ferida. Mas eu não acredito, sei que me está a mentir.
Não consigo viver assim. Tenho tanto medo...



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!