Sai nos dias de maior fluxo

sábado, outubro 18, 2003

Stop Hammer time!

No meu local de trabalho existe o saudável hábito de cantar quando os chefes não estão presentes. No outro dia um dos meus colegas entusiasmado com uma conhecida música de Peter Gabriel, cantava efusivamente o refrão “I wanna be your snake.... snake charmer”, repetia ele com a convicção que não só nos estava a arrebatar a todos com a sua bela rouca voz, mas também com o seu perfeito conhecimento da letra da música em questão. Pois bem tudo isto seria muito bonito se a música não fosse o “Sledgehammer” e o seu refrão “I wanna be your sledgehammer”.
Quem me conhece, sabe que não sou uma pessoa de gozar com a desgraça alheia (reparem que tou a omitir o nome do pato em questão) e que sou humilde o suficiente para também admitir as minhas insuficiências auditivas. Lembro com particular mágoa os tempos da minha juventude quando fazia o acompanhamento vocal a M.C. Hammer, no seu hit single "U Can't Touch This", e repetia incessantemente “rolling thunders... odina”. Ficava orgulhoso porque a frase soava bem e odina em especial era uma palavra que me parecia muito british. Fiquei arrasado quando mais tarde descobri que o que M.C. cantava na realidade era “with the flow ... a winner”. Destroçado nunca mais ouvi rap e hip-hop desde então....



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!