Sai nos dias de maior fluxo

sexta-feira, outubro 31, 2003

Em protecção da prole: a luta de um pai contra moínhos de vento!

É sabido que, em todas as espécies que utilizam os cuidados parentais como estratégia de reprodução, a protecção da prole é o mais importante. Para atingir tal fim enganam, enfrentam, matam.

No entanto, mesmo a mais estúpida das aves sabe identificar quando um ou vários elementos da sua descendência, não são fortes o suficiente para vingarem, deixando-os à sua sorte.

Ora o ser humano é o mais estúpido dos progenitores, quando chega a esta avaliação. E não me entendam mal, a minha comparação não vai tão longe que fale em deixar morrer a nossa descendência ou deixar de o apoiar em caso de necessidade. Falo sim recusa de certos pais em ver que os seus filhos são uma nódoa e perceber que não são dignos de ocupar aquele lugar de destaque que tanto gostariam. Mais grave, quando se vêem obrigados a esconder as suas falhas e a elogiá-los em público por feitos que os póprios pais orquestraram.

Creio que é ainda mais triste quando a sua prole é reduzida a dois filhos e ambos são uma nulidade...



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!