Sai nos dias de maior fluxo

quinta-feira, maio 20, 2004

O sorteio

Hoje enquanto jantava vi uma notícia surpreendente na Tvi. Sim, leram bem na Tvi, por preguiça e por não ter o comando da Tv por perto, resolvi prestar atenção ao excelente serviço informativo desse canal de televisão português.
Enquanto especulava acerca da quantidade de tempo que o Pivot deveria perder para fazer aquele caracolinho rídiculo, meio Clark Kent, esconder a sua entrada, uma notícia despertou o meu interesse. Na sua rotina diária de 30 minutos de reportagens que contribuem para o estado depressivo da nação, houve uma que de facto retractava e personificava a profunda crise que assola o nosso país. Numa dada empresa do norte do país os trabalhadores, para poderem receber a sua remuneração têm de se submeter a um sorteio. Á falta de fundos para o pagamento dos ordenados, a entidade patronal (qual Santa Casa da Misericórdia), resolveu brindar os seus trabalhadores com mais um motivo de entretenimento para as suas vidas. Ou seja, se os trabalhadores tiverem sorte no sorteio recebem, se por acaso tiverem azar não recebem, mas pelo menos ficam na expectativa aliciante de poderem receber no próximo mês, isto se tiverem sorte é claro.
Eu acho que esta estratégia é visionária. Esta ideia deveria ser implementada nos outros sectores da sociedade. Eu imagino a direcção-geral dos impostos a sortear quais os cidadãos que devem pagar os impostos, os hospitais a sortearem os doentes que devem ser atendidos, os tribunais a sortearem os casos que devem ser julgados etc. Assim fica tudo sujeito a sorteio na sociedade.

P.S. Acabei de saber através de fontes fidedignas, que a Bombardier assinou um contracto com a Endemol para esta produzir um concurso apresentado pela Merche Romero, no qual os trabalhadores (de preferência os mais desesperados) jogam o seu direito a receber as suas indemnizações numa roleta russa. O programa irá ser transmitido pela Tvi.



Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!